segunda-feira, 25 de maio de 2009

ERRO/ERRANDO

Já nasci errado

De uma mãe divorciada e de um pai que não queria ser pai

De irmãos com quais jamais pude dividir brinquedos e amigos que se tornaram mais que irmãos

Um tio que virou pai e de correto virou errado

Erro que por sua vez me fez perder o tal "mix familiar"

Erro...

Errados...

Eu to cansando disso

To cansado de ser à bala na tua arma

Porque você tem que me colocar a frente de todos os teus problemas

Chega de me julgar

Chega de ser julgado

Chega de me fazer ser sempre um erro

Errado, eu?

domingo, 24 de maio de 2009

Quando o tiro sai pela culatra

Esquecer alguém é tão difícil, mas como é triste deixar de gostar. Fica uma espécie de falta de assunto. Você cumpre sua rotina, faz tudo que deveria fazer, mas sente que te falta algo, além de assunto.

Talvez aquela dorzinha latejante que te fazia consciente do teu coração pulsando o dia inteiro. E você tinha um objetivo tão grandioso: fazê-la cessar.

E um dia você nem percebe que ela se foi. O desconforto é outro: parece que não sinto nada. Meu corpo inóspito, sem habitação. Tenho minha alma larga, mas ainda sobra este espaço prum amor eterno que ele ocupava e que não existe mais. E eu tenho todo esse potencial amoroso entre as mãos e ninguém pra me ajudar a desenvolvê-lo.

E conviver com esse "não gosto mais" vai ficando pegajoso. Não há como recolher o que foi deliberadamente esvaziado de significado.

Então é isso: Nunca mais vou sonhar com uma reconciliação, um reencontro ao som de violinos. Nunca mais vou imaginar que nos esbarraremos por aí, eu no meu melhor vestido, com meu cabelo incrível e um ar sereno. Ele todo lindo com os olhos salivando de vontade de mim.

Nunca mais vou delirar que subo num palco repentinamente e canto só pra ele com uma voz perfeita em meio a uma platéia equivalente a um Maracanã cheio: todo mundo emocionado com o nosso amor.Nunca mais serei piegas. Mas o que eu faço com esse "não gosto mais"?

E se ele fizer tudo pra me trazer de volta eu simplesmente vou olhar nos olhos dele como quem tem os dedos presos entre a porta que se fecha e dizer sem rodeios: Não!?

Assim como quem não sabe o que fazer com algo que se esperou tanto e que aconteceu somente quando perdeu completamente o sentido? Esquecer alguém é tão difícil, mas deixar de gostar traz um vazio absoluto. Porque até que outra coisa tão real e surpreendente aconteça, parece demorado e dá preguiça demais.

E quando estiver carente e me fizer deslumbrante e disponível terei que esperar que alguém interessante apareça com o mesmo blábláblá dos primeiros instantes, com a mesma perfomance das máscaras sociais. Ele já sabia tanto quando eu nem precisava dizer. Era tão delicioso a gente só se olhar, cúmplices, e seguir por aí, de mãos dadas, tão donos do mundo. Era tão maravilhoso saber que meu projeto de vida era acordar ao seu lado todos os dias.

Era tão excitante ficar atualizando a caixa de e-mails esperando o dele, saber do telefonema no meio da tarde, das mensagens sacanas que me faziam ouvir sua voz ao meu ouvido.

Quer dizer que isso tudo ficou no passado?

Que meu corpo está completamente destituído de afeto por ele?

Foi pra isso que fiz tanto esforço?

Foi pra isso que me desvencilhei de todos os resquícios dele num tratamento de choque radical de quem simplesmente rompe com tudo que possa levar a uma recaída?

E se eu quiser gostar de novo, não tem mais jeito?

Mesmo que ele, finalmente, mereça (! ) eu não vou querer mais?

Porque a nossa relação me ocupava plenamente.E, agora, nas horas vagas e sem ocupação emocional, eu sigo mais vaga que as horas todas.(Nem a minha autosuficiência tem me bastado). Esquecer alguém é muito difícil, mas não lembrar pode ser ainda mais doloroso.

Autoria Marla de Queiroz

sábado, 23 de maio de 2009

Cinema sem ...

Que gosto tem aquele filme tão esperado

Que gosto tem ver as pessoas juntinhas

Que gosto tem a poltrona

Que gosto tem a pipoca

Que gosto tem o escurinho

Que gosto tem ir sem você

Que gosto tem o seu beijo

Que gosto tem o teu abraço

Eu sem cinema

Eu sem você

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Sol, chuva, frio, calor...

Não sei se pego um casaco ou uma bermuda no guarda roupa, não sei se corro ou fujo de vez desse sentimento que me consome.

Não sei me dispo diante dos teus olhos ou se me visto com uma armadura diante você, perante tudo que eu possa sentir em relação a nos...

Porque tudo me faz lembrar nos dois.

O sol me lembra o brilho dos teus olhos, o calor do teu corpo e o quanto isso me fortalece.

A chuva me faz lembrar do nosso primeiro beijo, do tempo onde tudo era sonho, do tempo que tudo era desconhecido.

O frio traz um sabor de aconchego, filme, comidinhas, eu, você...

Já o calor...

Complicado falar do calor, porque ele esta em todos os nossos momentos. Sejam eles de raiva (oh calor), sejam de sexo ardente, forte, quente...

Olha o calor ai de novo, não adianta temos que concordar pelo menos nisso: somos praticamente a mais complexa manifestação de vida!

Sol, chuva, frio, calor... Amor!

*** O que é nosso, será nosso pra sempre!

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Áries

(20/03 a 20/04) por Eunice Ferrari

Hoje, com a lua em seu signo, algumas questões emocionais voltam a incomodar. Procure não se deixar levar por eventuais pensamentos negativos ou pessimismo, pois essas emoções são passageiras. Investigue apenas se ainda ficou algo pendente em seu coração. Caso contrário, deixe o dia passar que tudo isso passa junto com ele. Negócios em alta.

*** Será que ficou algo pendente?

terça-feira, 19 de maio de 2009

Agora Já Sei - Ivete Sangalo

Duvidava, não entendia Quando alguém me falou Suspirava de agonia Pra sentir esse amor
Tempo mestre de todas Horas e dias Passou sem ver Te amar de verdade Sentir saudade Mas só de você, Só de você
Agora eu já sei Quando falta a respiração É a prova que um coração Já não sabe mais Viver sem você
Agora eu já sei Que me falta sempre a razão Traduzir melhor a emoção Do que trago aqui Bem dentro de mim
Autor: Gigi E Ivete Sangalo
*** Segue o link do clip, essa música diz oq eu sinto, penso e quero pra minha Vida!!!

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Não permito deixar você cair no meu esquecimento

Voltar a falar do passado ou até mesmo de um presente que nos amargura não irá nos ajudar em nada, irá sim nos afastar ainda mais.
Sempre te disse que algo muito bonito nos espera (juntos ou separados), porque não tem outra explicação.
E quem disse que existe explicação pro amor?
O que é nosso é nosso e ponto final.
Não permito deixar você cair no meu esquecimento e mesmo que eu tentasse seria impossível, no meu corpo tem as tuas impressões digitais, o teu cheiro misturado com o meu...
Do dinheirinho as naguinhas...
T amo infinito!!!

domingo, 3 de maio de 2009

Áries

É assim mesmo, nossos amigos e amores conhecem o caminho pra mexer com a gente. Você vinha numa viabração tão bacana, não é? Continue. Se alguém vier desenterrar velhas discordias e elos perdidos, diga que passem outro dia. Pegue leve, há coisas que não devem ser levadas muito a sério.
Fonte Jornal Zero Hora 03/05/2009
*** Então, pq deixar esse momento tão pra lá... quero continuar assim, numa boa! Boa semana para todos, bjs e abraços...

sábado, 2 de maio de 2009

O SILÊNCIO


Aprende com o silêncio a ouvir os sons interiores da sua alma, a calar-se nas discussões e assim evitar tragédias e desafetos, aprende com o silêncio a respeitar a opinião dos outros, por mais contrária que seja da sua, aprende com o silêncio a aceitar alguns fatos que você provocou, a ser humilde deixando o orgulho gritar lá fora. Aprende com o silêncio a reparar nas coisas mais simples, valorizar o que é belo, ouvir o que faz algum sentido, evitar reclamações vazias e sem sentido, aprende com o silêncio que a solidão não é o pior castigo, existem companhias bem piores.... Aprende com o silêncio que a vida é boa, que nós só precisamos olhar para o lado certo, ouvir a música certa, ler o livro certo, que pode ser qualquer livro, desde que você o leia até o fim. Aprende com o silêncio que tudo tem um ciclo, como as marés que insistem em ir e voltar, os pássaros que migram e voltam ao mesmo lugar, como a Terra que faz a volta completa sobre o seu próprio eixo, complete a sua tarefa. Aprende com o silêncio a respeitar a sua vida, valorizar o seu dia, enxergar em você as qualidades que possui, equilibrar os defeitos que você tem e sabe que precisa corrigir e enxergar aqueles que você ainda não descobriu . Aprende com o silêncio a relaxar, mesmo no pior trânsito, na maior das cobranças, na briga mais acalorada, na discussão entre familiares, aprende com o silêncio a respeitar o seu "eu", a valorizar o ser humano que você é, a respeitar o Templo que é o seu corpo, e o santuário que é a sua vida. Aprende hoje com o silêncio, que gritar não traz respeito, que ouvir ainda é melhor que muito falar, e em respeito a você, eu me calo, me silencio, para que você possa ouvir o seu interior que quer lhe falar, desejar-lhe um dia vitorioso e confirmar que você é especial. Eu acredito em você.

Paulo Roberto Gaefke

*** Bom ter amigos, pessoas queridas (minha afilhadinha amada)... Valdireni e o Amor Infinito