quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Respondo: SIM, estou VIVO!

Palavras perdidas sobre uma noite chuvosa:

Quando o tempo não para de correr, quando as coisas acontecem numa faixa de tempo que fica complicado administrar o que fazer, como/quando fazer...
Quanto tempo isso tudo irá durar?
Não se mexa, não quero perder nenhum detalhe, nada pode ser desperdiçado, nenhum segundo.

Olha nos meus olhos, pode me chamar de fútil, bobo, besta...
Apenas olhe nos meus olhos!
Apenas respire o meu ar, apenas fique comigo...

Apenas diga um SIM longo e suave ao pé do meu ouvido, como na última noite.
Respondo: SIM, estou VIVO!

Nenhum comentário: