terça-feira, 30 de março de 2010

Presentes de MIM para MIM mesmo!



Quiero cantar hasta morir
Y así dejar una señal
Y que la luz de mi alma no se apague
Hasta llegar a ti
Quiero decirte la verdad
This boy wants to play
There's no time left today
It's a shame 'cause he has to go home
This boy's got to work, got to sweat
just to pay what he gets to get left all alone .
But let's step outside
Let's go for a ride just for a while
No we won't get caught
Well that's what I thought, until we cried
El sol te doró la piel
para que morena fueras
y a una palmada se oyó
el canto de una sirena
I got my hands out to take your aim
Yeah I'm ready
There's nothing now, we can't go through
Oh and hit me like a steel frame train
When you left me
And love will ever hurt like you
Tal vez el río no tenga salida y los recuerdos se ahoguen
 en el mar quise encontrarme a mi cansado y
solo en un hotel perdido como al que no ve lo que es mentira
There'll be good times again
For me and you,
But we just can't stay together.
Don't you feel it too?
Still I'm glad for what we had
And how I once loved you,
Yo buscaré alguna respuesta
Sé del llanto de promesas y dolor
No voy a hablar más de sufrimiento
Yo vine aquí para dejar una señal
Quiero hoy
Poder cantar hasta mañana

The Call

Eu estava distraido com o meu trabalho, tentando arrumar o meu Outlook, mas dai o meu celular toca...
Estranho um número desconhecido, um número longo - pelo que notei era uma chamada internacional.
Como estou tratando de um assunto de cunho profissional com Portugal pensei que poderia ser - NÃO ERA!

Alô?! Alô?! - Não ouso nada, muito ruim a ligação.
Insisto, até que escuto algo confuso, algo que não reconheço - não assim, não desse jeito.

Uma lágrima cai, me perco, caiu...

Alô?! Alô?!

O que aconteceu, o que esta acontecendo?

Alô?! Alô?!
Alô?! Alô?!

(não ouço mais nada)

Opa!
Aonde eu estava mesmo?

Ah! Sim, vamos lá:
CLIQUE DUPLO SOBRE O ÍCONE DO MICROSOFT OUTLOOK 2007/MENU FERRAMENTAS/OPÇÕES/CONTAS/EDITAR...

sábado, 27 de março de 2010

Me explica:

Quando os nossos defeitos superam as nossas qualidades?
Acho que o trecho do texto do Sérgio Goldstein pode nos ajudar.
"Aceitar os próprios defeitos com naturalidade sem se decepcionar ou desanimar. Eis aí uma forma serena e realista de lidar com o nosso lado sombrio. Precisamos entender que os nossos defeitos são características naturais do estágio em que nos encontramos agora. Precisamos deles, precisamos manifestá-los para que possamos nos compreender e conhecer melhor, saber quais são nossas maiores necessidades. Foi por meio de nossos defeitos, percebidos consciente ou inconscientemente, que chegamos até aqui e iniciamos o trabalho em busca de algo melhor, de paz de espírito, de esclarecimento, de algo mais. Vamos, portanto, agradecê-los, pois eles é que têm sido, na verdade, os nossos maiores guias nesta imensa e linda jornada chamada vida".
Sérgio Goldstein

Às vezes esperamos dos outros o que nem nos podemos ou estamos dispostos a oferecer.




Como seres humanos que somos, sempre esperamos algo, criamos expectativas - nos baseamos no que estamos dispostos a fazer, mas será que o outro esta também? Nos doamos, nos damos de uma forma que perdemos o controle do que é ou será recíproco e isso não é saudável

Minha Vó dizia que se você fizer algo por alguém, faça... mas faça de coração, sem querer nada em troca. Certo? Errado, sempre esperamos algo em troca - eu disse EM TROCA, se eu te faço o bem, nada mais justo que você também me faça!

Às vezes esperamos dos outros o que nem nos podemos ou estamos dispostos a oferecer. Pior que isso não parte como uma maldade ou desleixo, mas apenas não temos a noção de que nem tudo esta sob controle, melhor: nada nessa vida esta sob controle.

Ok, ok, ok... Lá vem o tal questionamento interno: será que estou respondendo a altura, será que também deixo às pessoas pensarem que tenho um vasto campo de futebol para oferecer, quando na verdade não tenho nem meio metro quadrado (ótima metáfora - risos)?

Queria poder deixar de desacreditar nas pessoas, gostaria de poder oferecer mais, saber me doar mais...
Ou o certo seria eu também saber me limitar, aprender dizer um não, negar... Calma! Não estou aqui para comprar uma briga, mas o saber dizer NÃO no momento certo é algo sábio, isso se for algo sincero - REGRA: Não pode ser por maldade ou punição.

Ok! Reitero o que escrevi acima: eu continuo acreditando nas pessoas, eu apenas aprendi a ver entre linhas, prestar mais a atenção nos detalhes e, é claro com isso não mais machucar e ser machucado.

Resumo da história: a partir de hoje só prometerei o que puder cumprir e pior que isso serve muito mais pra mim do que para qualquer outra pessoa.

segunda-feira, 22 de março de 2010

The Little Things

By Colbie Caillat
The little things you do to me
Are taking me over, I wanna show ya
Everything inside of me
Like a nervous heart that is crazy beatin'
my feet are stuck here against the pavement
I wanna break free, I wanna make it
Closer to your eyes, get your attention
Before you pass me by


Back up, back up
Take another chance
Don't you mess up, mess up
I don't wanna lose you
Wake up, wake up
This ain't just a thing that you
Give up, give up
Don't you say that I'd be
Better off, better off, sleeping by myself and wondering
If I'm better off, better off, without you boy


And every time you notice me by
Holding me closely, and saying sweet things
I don't believe that it could be
You speakin' your mind and sayin' the real thing
My feet have broke free and I am leaving
I'm not gonna stand here feeling lonely but
I don't regret it, and I don't think it
Was just a waste of time


Back up, back up
Take another chance
Don't you mess up, mess up
I don't wanna lose you
Wake up, wake up
This ain't just a thing that you
Give up, give up
Don't you say that I'd be
Better off, better off, sleeping by myself and wondering
If I'm better off, better off, without you boy


Don't just leave me hangin' on...
Don't just leave me hangin' on...


The little things you do to me are
Taking me over, I wanna show ya
Everything inside of me
Like a nervous heart that is crazy beatin'
my feet are stuck here against the pavement
I wanna break free, I wanna make it
Closer to your eyes, get your attention
Before you pass me by


Don't just leave me hangin' on...


Back up, back up
Take another chance
Don't you mess up, mess up
I don't wanna lose you
Wake up, wake up
This ain't just a thing that you
Give up, give up
Don't you say that I'd be
(Don't just leave me hangin' on...)
Better off, better off, sleeping by myself and wondering
(Don't just leave me hangin' on...)
If I'm better off, better off, without you boy


Don't just leave me hangin' on...
Don't just leave me hangin' on...
(The little things, oh, the little things you do to me)
Don't just leave me hangin' on...
(Driving me crazy, crazy)
Don't just leave me hangin' on...
(The little things, oh, the little things you do to me)
Don't just leave me hangin' on...
(Driving me crazy, crazy)

Bom tô indo ali chorar um pouco...

Tenho uma vontade imensa de chorar, sem motivos, e é estranho não tê-los. Tenho estado de bem com tudo e satisfeito com as coisas que tem me acontecido, mas mesmo assim a vontade é imensa de chorar.

Ela não passa, é um aperto no peito, algo surge como uma angústia. É normal isso, assim do nada?
Isso é o problema de ser um ariano com ascendente em gêmeos.

É bem assim que ando, feliz, engraçado, sem rotinas, feliz. Dai num lindo domingo de sol vou dobrar a esquina e bato de frente com uma tristeza. Como resolver isso?
Blá, blá, blá... Sei que isso passará e tenho essa certeza comigo (como sei que também voltará - risos).

Nos seres humanos, errantes, vibrantes e antes de tudo: vivos, quentes, amantes, sozinhos/acompanhados/solteiros ou casados e felizes, mas que mesmo assim são infelizes - deve ser por isso que sinto essa vontade imensa de chorar, sinceramente é muita coisa pra minha cabeça.

Ok! Você achou tudo isso confuso, um texto perdido e sem sentido?
Querido, então você não se ama, não chora e pior não vive.

Somos um MIX de sentimentos!
Bom tô indo ali  chorar um pouco...

Achei isso na internet sobre a mistura de áries com gêmeos: Sua mais visível característica é a iniciativa e e por isso mesmo este ariano consegue estar sempre atento a tudo o que lhe acontece. É alegre, bem-humorado, mas prefere ficar sozinho nos momentos de tristeza. Tem a mente agitada, não suporta a rotina, e isso afeta seu sistema nervoso. Gosta de emoções diferentes, que mexam com seu interior, o que o torna ao mesmo tempo fascinante e temido.

domingo, 21 de março de 2010

Sneak Peak of Brothers and Sisters

My opinion: I liked the middle line, the way she tries to escape. Reminds me of something I missed.
The fact: And if actually the blue line is not trying to escape, but trying to find his way back home...?
Conclusion: Would be a totally different story.




Clique aqui para saber sobre a série Brothers & Sisters!

O Bom de lidar com pessoas difíceis.

Cheguei a conclusão que lidar com pessoas é extremamente complicado. Hoje ao passar pela mesa de uma colega avistei o jornal aberto e ali dizia algo mais ou menos assim: "as pessoas de trato mais difícil são justamente as que vc mais precisa. Isso se chama: ter jogo de cintura".

Dai fiquei dizendo isso repetidamente para mim mesmo, como se isso pudesse me ajudar a ter um melhor convívio com as pessoas. Hoje escutei de uma pessoa ESPECIAL que esse "saber lidar" com pessoas difíceis nos faz muito bem e melhor, faz bem a outra parte também.

Aprendi que essas tais pessoas difíceis, chatas, aparentemente más, ruins, mau humoradas... (Jesus quantas qualidades - risos) na verdade usam destes artifícios para serem notados, chamar a atenção.

Esse chamar a atenção seria como um certo tipo de carência.
Ok, entendo que uma coisa não justifica a outra, mas vamos nos apegar a isso como algo bom. Isso nos faz maiores, superiores, inteligentes e melhor ainda, nos faz puros de coração. Ah, quando falo em superioridade é no sentido de ter o mérito, por exemplo:  aquilo que faz uma pessoa digna de elogio, de recompensa; merecimento...


Resumindo, estou precisando ter esse mérito, o mérito de: "Saber lidar com pessoas DIFÍCEIS" -  e vou ter!


E não será fácil, mas aí vem à aquela tal pergunta fatídica: O que é fácil nessa minha (sua) vida?


Vivendo e (sempre) aprendendo!

sábado, 13 de março de 2010

Guapa

By Diego Torres

Composição: Diego Torres / Noel Schajris / Luis Cardoso
Tú me enseñaste que tan simples son las cosas
Tú me enseñaste a dar amor y nada más
y que no importa si recibes algo a cambio
y descubrir que en esta vida hay algo más
y donde quiera que yo esté, tú vas a estar
Y como un ángel cuidarás de mí
cuando me pierda y deje de reír
Y como el viento que me cuenta
que el invierno está por venir
Y este mundo que gira de nuevo
aunque me sienta al revés
Como un ave que no para el vuelo
sé que no voy a caer
Oh oh oh
Tú me enseñaste cómo respirar de nuevo
Tú me enseñaste a pensar antes de actuar
Sólo se trata de ver hasta lo invisible
y descubrir que en esta vida hay algo más
y donde quiera que yo esté, tú vas a estar
Y como un ángel cuidarás de mí
cuando me pierda y deje de reír
Y como el viento que me cuenta
que el invierno está por venir
Y este mundo que gira de nuevo
aunque me sienta al revés
Como un ave que no para el vuelo
sé que no voy a caer
Y sé que voy a verte de nuevo, lo sé
para decirte cuánto te quiero, lo sabes
Y como un ángel cuidarás de mí
cuando me pierda y deje de reír
Y como un ángel cuidarás de mí
Oh oh oh

terça-feira, 9 de março de 2010

Se pudesse deixava de presente p/ você...

Presente para você


Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos. 

A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo a fora.

Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem.

A capacidade de escolher novos rumos.

Deixaria para você, se pudesse, o respeito aquilo que é indispensável.

Além do pão, o trabalho.

Além do trabalho, a ação.

E, quando tudo mais faltasse, um segredo: 
o de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída.

segunda-feira, 1 de março de 2010

FIM?


Durante um papo introspectivo:

- Como você ficou depois do FIM?
- Ah! Depois do FIM eu comecei a pensar em um recomeço.
- Foi fácil? Digo... Se desligar, se desvencilhar e recomeçar?
- Bom, nada é assim tão fácil e tranquilo, mas era algo que eu precisava fazer por mim e por mim mesmo, entende? Ao mesmo tempo posso dizer com toda a certeza e sendo o mais franco possível que tudo esta sereno agora, o que é bonito será para sempre INFINITO, por que é, e para sempre será verdadeiro, mas o meu AMOR PRÓPRIO é maior ainda e algo aqui dentro esta gritando insurdecidamente: VIVA O RECOMEÇO!
- E você tem medo do que pode vir a acontecer? Sei lá... (interrompido)
- Medo, receio? Hey, Marcos, Viniciús, Markinhos, Sr. Moraes (você pode ser o que você quiser)... você esta fazendo algo errado? Você esta prejudicando alguém? A resposta é não e não! Apenas VIVA a felicidade que você deseja aos teus semelhantes!

So relax and just breathe...
Just breathe!!!