Aos tantos

Tantos sonhos sem fundamentos e fundamentos sem muitos significados.


Tantos fundamentos sem perspectivas, sem sentidos que sei lá porque se tornam significativos.

Tantos pensamentos sem fundamentos que se perdem no tempo e ficam sem nenhum sentido.


Pra mim tantos significados que já para você não teriam significados, mas que para mim serão inesquecíveis... Inexplicáveis e de certa forma maleáveis - mesmo não podendo tocá-los.


Tantos tempos sem sentimento, com vivências mal vividas e sem perspectivas, mas que são/pra sempre serão: perceptíveis.

Aos tantos, sem tantos... mas aos poucos!
Bem aos poucos...

Comentários

Postagens mais visitadas