Os ares do sul trazem...



Os ares do frio estão cortando o meu rosto, minha boca esta seca e sinto que os ventos do sul trazem algumas lembranças que de fato me confundem e ao mesmo tempo me confortam. Não sei explicar o que acontece, apenas sei que ao me sentir assim já um sinal que algo não anda bem – no tal de: eu acho que sinto falta/eu acho que não amo mais/eu acho que...

Como disse a linda Penélope Nova: - O “Eu acho” não leva a nada, só nos mostra o quanto estamos incertos em relação a algo.

Não seria de direito e respeitoso dar o passo inverso agora, depois de todo ocorrido e também resolvido da minha forma - mesmo tendo meus motivos e razões (Sim, eu teria uma explicação plausível e (como sempre) longe do teu entendimento).

Apego-me as coisas boas e que pra sempre estarão aqui comigo, não sei explicar o que ocorre, como se não conseguir seguir em frente me trouxesse de volta a você, algo dizendo que não há escapatória, não tem como fugir do destino, sentimentos, etc.

Músicas, sons, filmes, cheiros, cartas, gostos e situações que me ligam/sintonizam a uma estação única e inigualável. Preciso me perder de você, para que eu possa me encontrar, será?

Preciso me centrar em coisas que me façam entrar em um entendimento, me apegar sim no quão positivo foi e pra sempre será tudo isso, mas a saudade – a minha saudade tenderá seguir o seu rumo/sem rumo.

Meu prumo

Como sempre levo tudo em consideração... Coisas boas e más, tudo deve ser levado em conta para que eu possa me centrar e a partir daí saber que tudo tem o seu devido lugar no tempo. Quero que tudo fique bem (juntos ou não) e assim a vida deve seguir o seu livre arbítrio.

Não me permito entrar em parafuso e com isso magoar as pessoas que amo.
As mudanças seguem aqui dentro (e ai fora), o mundo continua girando e cada pessoa seguindo seu destino ou trilhando um novo.

Ah! E esse Ariano segue vivo, apaixonado e pelo que notei não tão forte quanto eu imaginava, mas continuo procurando o meu caminho de volta para casa.


Boa semana.

Comentários

Postagens mais visitadas