sexta-feira, 29 de abril de 2011

Um "eu acho" não serve!

Você andou mais rápido, viveu tudo antes e hoje esta perdida com medo da estagnação que a tua vida pode ou não estar daqui uns anos - sim, você sofre perante questionamentos futuros, saber se o passo a ser dado é ou será o mais correto, tudo isso até então era uma coisa minha/uma confusão só minha e não sua...

Você sempre esteve a frente do meu tempo (sim, lembrando que sou o mais velho), sempre se mostrou certa e cegamente sensata (pelo menos ao seu próprio ponto de vista) sobre tudo e sobre todos. Logo hoje depois poucas horas do casamento mais badalado dos últimos anos, aonde se abrem as cortinas da discórdia sobre as nossas (sim, as minhas tmb) fantasias, desejos e sonhos... Digamos que você ai não sonhe com o tal príncipe ou princesa encantada, mas que sonhamos e ansiamos por um relacionamento tranquilo e ao mesmo tempo totalmente eloquente (no bom sentido)... Não sonhamos?!?

Você precisa ter algo bom, uma troca... Você precisa se sentir bem, saber que se completa ou que completa o ser amado, nada dessa história de prezar um relacionamento porque ele é estável ou ... "ela/ele é bom pra mim..." Bons o teus pais precisam ser pra você, teus irmãos, amigos ou até o teu cachorro - mas teu o amor tem que ser quente, prazeroso, amigo, companheiro, engraçado, amante, querido, automaticamente apaixonante e simplesmente de tudo de bom!

Se por acaso você, você que nunca se questionou ou nunca se fez fraca diante dos teus maiores desejos... Por favor não considere um "eu acho" como uma certeza, o "eu acho que vai dar certo" ou "eu acho ele bom pra mim" nunca será o suficiente para uma vida inteira - ah, você me pergunta: Quem disse que será para vida toda? Para o todo o sempre?

Hey, amadaaa... quem não sonha com um "Casamento Real" sonha pelo menos com um FELIZES PARA SEMPRE!

Frase do dia: Não queira menos para você mesma!

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Sentimos por sentir!


A notícia da morte de uma pessoa próxima dói, de uma pessoa não tão próxima dói superficialmente - mas quando morre alguém próximo de alguém que você ama muito a dor automaticamente é repassada... Ela toma a mesma intensidade, força ou seja lá como chamamos a dor de perder alguém que amamos - nesse caso a dor de ver ( nesse caso: sentir) que esse alguém que amamos sofre com uma perda é irreparável!


Sigo aqui distante, mas com o coração apertado em sentimentos e compaixão para com a (nossa) familia e amigos.

Seguimos em Paz!

quarta-feira, 20 de abril de 2011

KeyWords: beijo/arriscar/molhado/temeroso/corajoso!

Meu beijo é molhado, mordido e ao mesmo tempo temeroso. Calma, eu quero dizer é que quando eu beijo alguém é porque eu estou definitivamente muito afim dessa pessoa, um ariano jamais beijaria alguém por apenas beijar. Aliás ninguém deve beijar ou se deixar ser beijado se não há uma troca de sentimento, tesão ou um querer mútuo.

Eu aprendi a beijar por puro tesão, aprendi a beijar por um querer mútuo... Mas eu tinha esquecido como era beijar com carinho, isso me fez pirar e querer reaprender mais e mais. Sim, sim... Todos aqui conhecem muito bem esse Carneirinho e sabem que (por pura carência) ele pode se apaixonar a qualquer momento.

Mas com o passar dos anos, com todos os acontecimentos bons/ruins que já foram descritos aqui nesse Blog eu posso te dizer que estranhamente eu ainda estou com os meus dois e pequeninos pés no chão - sim, calço 41! Confesso que a cada olhar, sorriso e principalmente a cada calor eu sinto que preciso aprender a controlar o meu libido.

Ok, já sei o você vai dizer o mesmo blá blá blá que eu tenho ouvido (pelo amor de God - não estou desmerecendo o que vocês me dizem, mas quero ser entendido a cada sílaba que sai da minha boca) que eu tenho que ir com calma, que eu tenho que deixar transparecer quem eu sou (aos poucos), que eu tenho que curtir e deixar de pensar no depois... 

Ok, ok e mais ok!
Esquece, voltamos ao meu beijo...
Ah! Como é bom beijar com a boca, com os olhos, mãos, pernas... Com o corpo todo.
Eu já havia esquecido que o meu beijo segue aqui, molhado e (agora) cada vez mais bem treinado!

É hora de arriscar, me deixar levar - mas sempre: with my feet's on the floor!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

E querooo


Penso e quero...
Penso bem e logo não quero mais, mas mesmo assim prefiro pensar a respeito.
Quero que tudo venha o mais rápido possível, também não quero deixar de sentir o gosto de cada situação, momentos que são singulares/únicos. Mesmo assim, quero tudo logo – tipo: agora!
A minha Psicóloga disse certa vez que eu precisava aprender a lidar com o tempo, que pro “Tal” Apressado come CRU – por isso que digo, com toda a certeza do mundo: não tenho pressa, num quero que me apareçam coisas pela metade ou com defeito de fabricação.
Não tenho pressa por coisas problemáticas, ruins... Não quero algo que possa me trazer problemas...

Ai, mas quero que seja logo!

(ok, já parei)

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Irmão Não Irmãos!

Mais um ano, mais uma página virada desse ciclo sem fim. Hoje mais do que nunca comprovo o carinho de cada um de vocês, pessoas que se fazem presente em cada detalhe da minha vida. Não importa a forma ou a singularidade - o importante é receber tudo de peito e braços abertos. Amo todos!

Como Ariano que sou, declaro que nada é/e nunca será completo pra mim. Ainda não acostumei a sentir saudades, faltou um telefonema, um afago... Mesmo assim te trago aqui comigo, juntinhho do meu coração.

RECOMEÇO
Estou iniciando uma nova página amanhã, um novo recomeço e melhor - em um novo lugar, novo tempero em uma nova sintonia. Conto com as orações e as boas vibrações de todos vocês.

Felicidades em dobro para todos vocês!Irmãos que não são irmãos, mas que mesmo assim são mais presentes de que irmãos que são irmãos... Por sua vez são irmãos que não são irmãos, serão pra sempre mais do que irmãos!

Feliz aniversário para todos nós!
Salve Jorge...