quarta-feira, 6 de julho de 2011

Sem sentido

Olhos que trazem o som da felicidade, braços que se distraem com a visão de um dia ensolarado e pés que podem sentir o gosto da terra recém molhada pelo sereno. Na verdade eu posso sentir com todo o meu corpo e trazer diretamente para o meu coração as mais lindas e saudosas lembranças.

Poder sentir o cheiro do perfume de alguém que você já não vê há séculos ou ouvir o som da voz sem ao menos esse tal "alguém" estar por perto - algo quase que surreal.


Surrealismo ou pura imaginação?
Não sei! Cruel mesmo é querer saber se a outra parte sabe que (ainda) é bem quista - que ainda se faz presente sem estar realmente presente... Entende? Ah, claro que também precisamos saber se é recíproco - não me diz que não, precisamos SIM alimentar o nosso ego!


Engraçado que  mesmo depois desse último estrondo eu sigo aqui firme, forte e feliz por ter de volta os meus "sentidos" aguçados...


Sentir por sentir, sentir por instantes e logo deixar de sentir...
Não, não...


Eu quero mais!
Quero me sentir pleno por poder carregar sentimentos bons...


#justfeel



Santana

Just Feel Better


Nenhum comentário: