quarta-feira, 10 de outubro de 2012

As tais pedras!


As certezas e incertezas da vida se fazem presente nos nossos dias - caso contrário não teria graça/razão/motivo para acordarmos todas as manhãs... O interessante é saber caminhar entre as pedras que encontramos e sutilmente agradecer a Deus por cada uma.

Admito que estou cansado/exausto de tanto caminhar entre essas ditas "pedras", ando entre - ando sobre com os pés descalços e estou machucado (quase amorfo).


Julgar errantes quando você erra tanto quanto?

Julgar sem provas ou com nenhuma condição para tal...

Lembre-se: quando a minha verdade não bastar para você isso significa que não temos mais nada o que falar/dizer/discutir.

Voltando as tais pedras, lembrei que tantas já foram vencidas/ultrapassadas algumas pequenas e insignificantes outras grandes que eram extremamente importantes hoje nem insignificantes mais elas são... 

Arianos gostam de lutar, batalhar, odeiam mentiras e injustiças!
Me fortaleço a cada derrota e não me deslumbro por ser vitorioso...

Sei o que eu quero e relativamente o que eu não quero pra mim e para os meus, isso não quer dizer que sou o "bem resolvido" da praça, quero dizer que ciência do certo eu tenho, mas errar faz parte da escola aonde aprendemos como lidar com as tais "pedrinhas".

Parei, me ausentei e refleti e aqui estou me renovando.

Uma pena você não saber lidar com as tuas próprias pedrinhas,
pena você não saber admitir ter pedrinhas...

"Errantes todos  somos, mas o interessante é começarmos admitir nossas falhas/erros/fraquezas e logo assim ficará visível uma possível (breve ou não) resolução"...

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

JustEnjoy


Quando eu fecho os olhos eu sinto o teu cheiro com um toque da tua voz!
Sem perceber que a vontade de te beijar com o meu corpo é avassaladora e incontrolável, me conduz com os meus pés sobre os teus e me cobre com o teu calor.
Sentidos passados são perdidos e novos vão surgindo entre corpos ligeiramente suados e desarrumados.

Mãos que se perdem, cabelos fora de tom e um cruzar de lábios que parecem feitos um para o outro - encaixe perfeito!

Como perceber que isso não pode acabar?
Como perceber que os segundos correm numa velocidade e as tuas mãos deslizam sobre o meu tempo que não quer saber de correr...
Não quero saber, quero sentir e crer novamente que SIM é possível sentir sem se perder, somar sem ter abdicações, sem querer explicações, ... # JustEnjoy

Não quero abrir os meus olhos agora - desejo não ter que abrir-los nunca mais.
Não quero deixar de ter o sussurrar  da tua pele na minha.
Não quero deixar de te querer, deixar de poder sentir, deixar de te ter...

Quando eu fecho os olhos eu te vejo/eu quero/te desejo aqui!