segunda-feira, 30 de maio de 2016

O Sol e o trio (perigoso)


Mas voltando ao sol e sua sábia e muito inteligente timidez; eu tenho exposto demais os meus sentimentos, sentidos e sensações .. Esse é o trio mais perigoso e desejado, por hora até entendo que se fechar pode não ajudar muito, fora que encontrar a dosagem correta me acarretará tempo e muito paciência.

Hoje caminhando pelas ruas da zona sul, senti a tímida presença do sol – ele estava decididamente querendo se esconder. Ele até apareceu bem cedinho e logo ficou na espreita, olhando, olhando e olhando entre nuvens cinzentas.

Passava carros, ônibus e muitas pessoas e ele só observava em silencio. Eu sempre uso um adjetivo pra esse tipo de carão: “fazer a samambaia” – o mundo pode estar caindo e você não quer demonstrar fraqueza ou qualquer outro tipo de sentimento? Faça a tal cara de samambaia.

Ela funciona! – mas cuidando na dosagem para não passar por louco ou arrogante (isso pode acontecer)


Tô confuso? Tô te confundindo? Imagina a minha cabeça.

Os sentimentos precisam ser dominados e não dosados, saber administra-los para não desperdiçar com quem não vale a pena.

A regra para os sentidos é sempre (eu disse SEMPRE) ter eles apurados, aguçados .. para sempre observar principalmente os passos.

Chegamos as sensações, ah as sensações ... esse é o item mais perigoso (e gostoso também), apelar para o fácil, casual ou que demonstra um interesse rápido ou demorado demais não é bom – FUJA! (complicado encontrar um meio termo, me desculpem)

Faça como o sol que tateia e observa timidamente.

Escrevo para reorganizar os meus pensamentos e logo eu conseguindo faço uma força para reprender a lidar com essa confusão de sentimentos que nascem e morrem aqui dentro – alguns andam como zumbis e com toda a minha força eu tento devolve-los para as suas respectivas sepulturas.

O sol por mais tímido que seja não desistiu de surpreender esplendoroso, hoje ou manhã ele vai reaparecer quente para reinar e deixa claro que ele foi e pra sempre será o mais aguardado/esperado/desejado de todos os dias.

Mas é claro que o sol
Vai voltar amanhã 
Mais uma vez, eu sei 
Escuridão já vi pior 
De endoidecer gente sã 
Espera que o sol já vem

Nenhum comentário: